Casos

Coca-Cola no Varejo

O atributo “refrescância”, indispensável para a sobrevivência da Coca-Cola, foi assumido com intensidade pela categoria cerveja. Como reagir com inovação no varejo?

 

DESAFIO

A Coca-Cola brasileira estava sentindo a pressão de ter perdido a hegemonia do atributo refrescância pela categoria cerveja. A marca Brahma havia criado o primeiro freezer para cervejas do mundo. Os frascos de vidro da cerveja Brahma atingiam -5ºC nos bares e restaurantes graças ao novo equipamento tecnológico. As garrafas de cerveja chegavam nas mesas dos consumidores cobertas por um véu branco, o que indicava uma temperatura “estupidamente” gelada.

Se o shopper desejasse consumir uma bebida refrescante e experimentar um tempo agradável de conversa com seus amigos, uma cerveja seria uma ótima escolha. O refrigerante Coca-Cola sentiu o golpe e sua marca caiu de venda, principalmente nos territórios quentes do Brasil.

O que fazer para gerar uma nova abordagem de consumo para a Coca-Cola? Como construir uma nova experiência para uma marca centenária bem sucedida? Como influenciar o comportamento dos consumidores respeitando a essência da Coca-Cola?

SOLUÇÃO

Nossa equipe, que já havia criado o primeiro freezer de cerveja do planeta, mergulhou em diversos projetos com foco em inovação para tentar restaurar a autoridade da Coca-Cola no Brasil. Durante meses, criaram-se inúmero projetos inovadores com a intenção de conquistar a atenção tanto dos consumidores como da diretoria internacional da organização.

Nossos planejadores estratégicos extraíram iniciativas inovadoras para a autoridade da marca Coca-Cola focando nos jovens e nas mulheres adultas, que representavam mais de 80% das compras da marca.

Equipes no Brasil, Estados Unidos e Portugal.

Fale com a gente

12 + 14 =

Parceiros B-Think

Brand thinking

Pesquisas

Share This