Casos

Promotores de Cidadania

Como ajudar os jovens do território de Manguinhos, uma comunidade da Avenida Brasil, a conquistar auto-estima e capacitá-los para resolver problemas reais.

DESAFIO

Ao trabalharmos com o IPP-Instituto Pereira Passos, fomos voluntários na criação dos Cariocas em Ação, uma entidade focada no desenvolvimento sustentável da cidade do Rio de Janeiro. Partiu do Pacto do Rio e dos Cariocas em Ação a realização do Projeto Agentes da Cidadania, em Manguinhos, um território da cidade do Rio de Janeiro. Outros parceiros colaboraram com a iniciativa, como a Icatu Seguros, o IEG, a ProNatura e a Usina do Pensamento.

 

SOLUÇÃO

Nossa equipe ficou encarregada de ajudar na criação de uma identidade de grupo com uma integração dos jovens antes de eles enfrentarem a dupla formação em empreendedorismo e cidadania.

A juventude é compreendida como um tempo de construção de identidades e de definição de projetos de futuro. É uma época de conflito entre os valores da família, da sociedade e do grupo que pertence. O grupo de jovens de Manguinhos vivem, no seu dia a dia, intensas diferenças culturais e desigualdades sociais mas, mesmo assim, com grandes expectativas em relação ao futuro.

Definiu-se que conduziríamos uma capacitação com seis oficinas matutinas de 4 horas cada, realizadas no próprio território de Manguinhos com os seguintes participantes para 10 jovens moradores da comunidade de Manguinhos e Agentes da Cidadania do Pacto do Rio.

Ao final do curso, os jovens haviam construído uma identidade para Manguinhos seguindo a abordagem metodológica do design thinking.

Equipes no Brasil, Estados Unidos e Portugal.

Fale com a gente

2 + 6 =

Parceiros B-Think

Brand thinking

Pesquisas

Share This